terça-feira, 28 de abril de 2009

Rosa de Saron em Montes Claros

Milhares de adolescentes lotam show do grupo católico

A última sexta-feira, 25/04, foi de muito louvor em Montes Claros, com o show acústico do grupo Rosa de Saron.
Surpreendentemente, a Praça de Esportes estava lotada de jovens que disputavam um pedacinho de grama para ver os meninos de campinas entoarem suas canções cristãs com melodias para lá de pop-rock, mas com letras poética, que falam de Deus com uma linguagem simples, bem diferentes das que a garotada está acostumada a ouvir.
Cada música foi acompanhada por um coral de cerca de 7.000 vozes, que sabia de cor todas as letras e cacos do cantor Guilherme de Sá. E como canta esse garoto!
Confesso, cheguei em cima da hora, mas a tempo de perceber que se a produção do show pegou carona na divulgação do recente DVD do grupo na emissora platinada, fechou os olhos para os constantes alertas contra a violência feitos em larga escala por toda a midia.
Não havia detector de metais na entrada e pessoas vendiam cerveja livremente, num evento lotado de adolescentes e pré-adolescentes.
É mesmo um antagonismo. Trazer um show de um grupo que canta a paz, o amor, vida nova, e cometer o velho e grave erro, que é descuidar da vida. Uma pena.
Felizmente, não houve nenhum tumulto e a garotada se comportou bem, apesar do álcool.

O show
A apresentação do Rosa de Saron foi curta, mas incrível. A qualidade musical das canções e a harmonia do grupo é visível. Em clima intimista, o show é bem fiel ao que se ouve e vê no DVD Rosa de Saron – Acústico e ao vivo. Trabalho que tem elevado o grupo aos primeiros lugares nas rádios de todo país.
Mais incrível foi a parada para a oração feita pelo Rogério Feltrin, baixista e fundador da banda, aceita, acompanhada e aplaudida calorosamente pelo público. O movimento de Renovação Carismática Católica mostrou toda sua força.

O cenário do show também é o mesmo do DVD acústico, mas a estrutura oferecida pela produção foi bem caidinha. Estruturas metálicas aparentes, muita poluição visual que embotou a estética proposta pelo grupo no palco.

Apesar do pouco investimento, o saldo da iniciativa é positivo, graças à escolha do grupo, que está cada vez melhor. Nota máxima também pelo estilo optado. Em tempos de funks, axés e outros ritmos que são verdadeiras odes ao erotismo e à banalização do corpo, é sempre bom dar ouvidos a canções que exaltam a outro Deus.
A Guilherme de Sá (voz e violão) , Eduardo Faro (guitarras), Rogério Feltrin (baixo) e Welington Greve (bateria), aplausos e pedidos de bis.

6 comentários:

  1. Ei menininha...
    Que inveja de você!
    Gosto muito do Rosa de Saron apesar de achar que nas músicas, eles falam de Deus e Jesus Cristo de uma maneira muito implícita. Tem que escancarar e mostrar da maneira mais clara possível o quanto Deus é maravilhoso...
    Enfim, o que vale é a ação certo?
    Queria muito ter assistido.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Visitei seu blog. é o melhor produzido aqui em Moc. Super variado e altamente profissional. fiquei muito bem impressionado. Vou seguir. Parabéns!
    PS: Você é ótima assessora de imprensa, mas é bem melhor como jornalista e entrevistadora. um grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Vinicius Versiani de Paulaquarta-feira, 29 abril, 2009

    Jerusia,
    Este show não foi produzido por nós. Estamos atentos a estes problemas.
    Atenciosamente,
    Vinícius Versiani de Paula.

    ResponderExcluir
  4. Olá Jerusia.
    Fui ao show do Rosa de Saron e também estranhei a venda de bebidas. Gostei muito do escreveu a respeito. As pessoas nunca têm coragem de falar a verdade nos jornais e só fazem bajular os promotores de eventos, sabe-se lá porque. Às suas críticas acrescento a péssima qualidade do som. Uma falta de respeito com a banda e com o público.
    Trinta reais é muito dinheiro, e quem promove evento tem que pensar como empresário. O público esta fazendo um investimento. Isso para não contar o compromisso e a seriedade que pressupõe juntar milhares de pessoas num lugar fechado,com os ânimos exaltados.
    Tomara que suas palavras cheguem aos promotores desse show, quem sabe os faz refletir.
    Adorei o blog, muito profissional e cheio de atitude.
    Parabéns.
    Rodrigo

    ResponderExcluir
  5. Boa matéria!
    Sou fã do Rosa de Saron, conheço a banda desde a época do Tchelão (Hoje The flanders).
    Faltou dizer ainda que o som estava horrível em alguns lugares do campo... péssima organização... ainda bem que tenho o DVD e posso ouvir e esquecer aquela noite .
    ABRASS

    ResponderExcluir
  6. You could certainly see your expertise in the work you write.
    The sector hopes for even more passionate writers like you
    who are not afraid to mention how they believe. Always follow your heart.


    my blog :: BMW Z4 Windscreen

    ResponderExcluir

É uma prazer receber sua visita. Obrigada pelo comentário.