quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A comédia popular do Galpão chega a Montes Claros

A apresentação do grupo é uma mostra de que a cidade entrou, definitivamente, para o roteiro dos grandes espetáculos financiados


Nesta quinta-feira, dia 26 de novembro, Montes Claros recebe um dos principais grupos do teatro de rua do país, o Grupo Galpão, de Belo Horizonte, que apresenta o espetáculo, “Till, a saga de um herói torto”.

O espetáculo será às 20 horas, na Praça da Matriz, que será transformada com a montagem de um palco ao ar livre de dez metros de comprimento por sete de largura, em um cenário que mistura materiais recicláveis e objetos rústicos, carrinhos de mão usados como palcos praticáveis e vassouras usadas pelos garis.

A apresentação do grupo é uma mostra de que Montes Claros entrou, definitivamente, para o roteiro dos grandes espetáculos financiados, que saem em tour pelo interior do país. Os espetáculos dessa natureza apresentados mais recentemente na cidade foram Grupo Corpo, Projeto Museu Vivo, Arthur Moreira Lima e Tianastácia.

Com “Till, a saga de um herói torto”, o Galpão, grupo criado há 25 anos, retoma suas origens de teatro de rua, com acesso gratuito e classificação livre, com uma trajetória de permanente troca com o público. Até os ensaios, realizados na sede do grupo e no Galpão Cine Horto, em Belo Horizonte, foram abertos ao público, inclusive com acompanhamento de interessados no processo de montagem do novo espetáculo.

De acordo com a assessora de comunicação, Paula Senna, “Till...” foi escolhido a partir da montagem de quatro cenas realizadas em março deste ano e dirigidas por integrantes do grupo. “A montagem foi campeã de preferência nas opiniões enviadas pelas pessoas que assistiram à apresentação das cenas, realizada a partir do texto ‘Till Eulenspiegel’, de Luís Alberto de Abreu. Seu universo marcado pela cultura popular da Idade Média já era também um dos prediletos entre os atores do Galpão por seu caráter eminentemente popular e sua linguagem de teatro narrativo, de grande comunicação com o público”, explica.

A comédia popular está presente de forma muito marcante em vários espetáculos do Galpão, especialmente em “A Comédia da Esposa Muda”, “Um Molière Imaginário” e “Um Trem Chamado Desejo”.

Com direção de Júlio Maciel, texto de Luis Alberto de Abreu, cenário e figurinos de Márcio Medina e direção musical de Ernani Maletta, o espetáculo representa a volta do Grupo Galpão ao teatro de rua e suas formas de representação popular. Para o Grupo, a rua é um espaço importante para a democratização da arte e do teatro. “Ela nos traz desafios de como apresentar o espetáculo para um público amplo e sem restrições de idade, classe social ou formação intelectual. Isso tem reflexos em todos os elementos de criação, como a dramaturgia, a cenografia, os figurinos e a música”, afirma Eduardo Moreira, integrante do Galpão.

Till, a saga de um herói torto


Criado pela cultura popular alemã da Idade Média, Till é o típico anti-herói cheio de artimanhas e dotado de um irresistível charme. Um personagem que tem parentesco com outros tipos de várias culturas, por exemplo, que se assemelha muito ao nosso Macunaíma ou ao ibérico Pedro Malasartes.

A direção musical do espetáculo é assinada por Ernani Maletta, que trabalha com o Grupo desde 1994. A trilha sonora, composta por 12 canções, possui temas variados, marcados por músicas do cineasta e músico sérvio, Emir Kusturica, composições próprias e cantigas de roda.

O universo de TILL está repleto de tipos bufonescos, mendigos, cegos, deficientes do físico e da moral. Para a montagem, o Galpão participou de um workshop sobre “bufões” com o preparador corporal Joaquim Elias, estudioso do assunto.

A assistência de figurino é assinada pelo ator Paulo André e conta com a ajuda dos alunos do Núcleo de Pesquisa em Figurino do Galpão Cine Horto. O material utilizado na confecção dos 31 figurinos é reciclado, a base de tecidos artesanais, de fibras naturais e tingidos à mão. Nos adereços, foram usados materiais rústicos, como panelas, galhos de árvores, ferragens, borracha, entre outros.

Com patrocínio da Petrobrás, “Till...” já foi apresentado mais de 40 vezes em diversas cidades do país. No Norte de Minas, o Galpão se apresenta no dia 24 de novembro, em Januária, e em Montes Claros, no dia 26. O acesso às apresentações é sempre gratuito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma prazer receber sua visita. Obrigada pelo comentário.