quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Di Tarso Companhia de Dança

10 anos dançando em defesa da cultura nortemineira

Em 2001, o bailarino e coreógrafo Paulo di Tarso (foto) reuniu um grupo de artistas de sua cidade natal- Monte Claros (MG)-para criar o espetáculo infantil Pedro e o Lobo. A peça de dança-teatro é uma livre adaptação do poema sinfônico de Prokofiev e ficou dois anos em cartaz. O êxito do projeto foi a mola propulsora para a organização destes artistas como um grupo estável.

Em agosto de 2003 nasce a Ditarso Companhia de Dança, com a estréia de “Três dias antes, três dias depois”, um espetáculo de dança-teatro inspirado no Mito do Andrôgeno. Com este espetáculo, o grupo iniciou a busca pela sua identidade artística, afirmando desde o início o interesse pelos públicos infantil e adulto. Paulo di Tarso assumiu o cargo de diretor e coreógrafo residente do grupo assinando todos os trabalhos desde sua fundação.


Em 2004 duas novas obras entraram para o repertório da companhia. A primeria, "Cantos de Lá", com música do grupo portugues Madredeus, é uma proposta estética fundamentada no balé mas com uma composição coreográfica contemporânea. A segunda obra, GYNECO, com música de Philip Glass, Mário Vaz de Melo e UAKTI apresenta uma revisão da composição coreográfica de Cantos de La, agora com um vocabulário contemporâneo. Estas duas peças, com estéticas distintas, são na verdade complementares e, por isso, são apresentadas no mesmo programa.

Para dar sustendo ao seu desenvolvimento artístico a companhia investiu em cursos de gestão cultural e assessoria jurídica. Dessa forma, a partir de 2006, passa a atuar como uma Associação Cultural e a utilizar de maneira efetiva os benefícios das leis de incentivo. Sua primeira ação incentivada foi uma turnê por 08 cidades de pequeno porte da macro-região do Norte de Minas, apresentando gratuitamente um espetáculo infantil de dança.

Desde então, a Ditarso Companhia de Dança está comprometida com a região onde está inserida e com a democratização cultural do norte de Minas Gerais. Em 2006 e 2007, esta turnê foi selecionada nos editais do Programa BNB de Cultura, que promove o desenvolvimento cultural do semi-árido.

Em 2008 foi contemplado pelo Fundo Estadual de Cultura com um projeto de circulação por cidades polo de Minas Gerais, apresentando gratuitamente o espetáculo “Três dias antes, três dias depois” para alunos do ensino médio da rede pública de São João Del Rei, Varginha, Viçosa e Uberaba.

Com a turnê, a companhia pode mostrar seu trabalho em locais onde a dança contemporânea mineira está em efervescência e dialogar com outros grupos. Como desdobramento desta turnê, recebeu o convite para participar do 23º Inverno Cultural de São João Del Rei. Além de apresentar espetáculos, a Ditarso Companhia de Dança ofereceu oficinas que tratam da biomecânica da dança, uma abordagem científica do movimento com o objetivo de zelar pela saúde dos bailarinos.

Ainda em 2008, a companhia recebeu o Prêmio Cena Minas do Governo de Estado de Minas Gerais, COPASA e Instituto Sérgio Magnani. Com este recurso realizou uma temporada de apresentações gratuitas do espetáculo Pedro e o Lobo para 4.500 alunos da rede pública de ensino fundamental de Montes Claros.

As apresentações aconteceram em 2009 no Centro Cultural da cidade em horário letivo, de forma que as crianças deslocavam das suas escolas para o teatro acompanhadas de professores e supervisores. Ainda em 2009 foi novamente contemplado pelo Fundo Estadual de Cultura com a extensão do projeto do ano anterior; uma turnê que em 2010 percorrerá Ipatinga, Itabira, Juiz de Fora e Araxá.

Em 2010, a Ditarso Companhia de Dança investiu na criação de um novo espetáculo infantil, desta vez baseado no imaginário norte mineiro. Buscou na obra do folclorista Manuel Ambrósio os mitos que habitavam as margens do Rio São Francisco no início do século 20 para criar “Noitencantada”. Com música de Elgar, esta obra reaviva velhas tradições, quase desconhecidas pelas crianças de hoje. Este espetáculo, premido pelo Programa BNB de Cultura de 2008 circulará por seis cidade próximas a Montes Claros com apresentações gratuiras para toda a população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma prazer receber sua visita. Obrigada pelo comentário.