sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Retrato do Brasil

Mal terminou a contagem da população de todo o país, realizada pelo IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e os municípios iniciaram a corrida para ver qual sua posição no ranking dos mais populosos.

O interesse dá-se principalmente pelo volume de recursos repassados ao município pela União, pois, ao contar a população, o Censo produz resultados que servem de parâmetro para saber quanto cada cidade receberá de repasse federal.

Pelos resultados do Censo também é possível ter referência para as estimativas populacionais realizadas nos anos seguintes, com base nas quais o Tribunal de Contas da União define as cotas do Fundo de Participação dos Estados e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), além de fornecer informações imprescindíveis para a distribuição orçamentária das pastas da educação, cultura, saúde e infraestrutura, baseadas no número e distribuição da população.

Além dos repasses dos recursos financeiros, as estimativas populacionais geradas pelo Censo também atraem a atenção dos gestores públicos por servirem de base para definir o número de deputados federais, estaduais e vereadores de cada estado e município.

As estimativas também fornecem parâmetros para atrair investimentos do setor privado para estados e municípios, como a seleção de locais para a instalação de fábricas,shopping centers, escolas, creches, cinemas, restaurantes, entre outros.

As estatísticas populacionais no Brasil, que durante muito tempo foram estimadas por conjecturas, tornaram-se dados dos fidedignos desde 1940, quando foi realizado o primeiro Censo pelo IBGE.

A cada dez anos, período aguardado para recomposição da população, o IBGE realiza um novo Censo, considerado um dos maiores do mundo. Os dados gerados na contagem têm sido cada vez mais aguardados não só no Brasil, mas em todo o mundo, que espera vislumbrar novas portas para investimentos e para o desenvolvimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma prazer receber sua visita. Obrigada pelo comentário.