terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Seguindo a receita de Conceição Melo

Dezoito dias depois do início do ano novo, ainda paira no ar aquele espírito de renovação deflagrado pela passagem do Natal e da virada de ano, que leva as pessoas a fazer planos, recuperar promessas e buscar novas estratégias para manter ou conquistar uma vida mais tranquila, consolidar planos e realizar sonhos.

Enquanto aguardam a volta às aulas e à rotina dura a infligem os filhos, ou aproveitam os últimos dias de férias e descanso, muitas pessoas se esforçam para manter acesa a chama do espírito festivo e restaurador vivenciado nos primeiros dias do ano.

Em um momento como esse, vale buscar nos livros uma pausa para a correria do dia a dia e dar um descanso às ideias e ao espírito. Uma boa opção para renovar as energias, fazer uma parada para reflexão, e depois seguir em frente com as baterias recarregadas e a chama acesa são os livros da artista plástica e escritora montes-clarense Conceição Melo, Pare e Vá em frente.

Em Pare, unindo palavras e desenhos com seu traço de artista que aprendeu a vida vivendo, Conceição Melo instiga um momento de reflexão, uma parada para observar ao redor e descobrir na simplicidade do cotidiano as muitas possibilidades do amor. E depois de várias receitas simples que combinam amor, humildade, esperança, sonhos e fantasias, ela recomenda seguir estrada afora.

Esse é o momento de Vá em frente, onde a autora, com sabedoria e simplicidade, faz um resumo poético do que é amar e, principalmente, de se amar, num apelo otimista à celebração do amor e da vida, introduzido pelo verso de Santo Agostinho: “Amar é deixar que o outro seja”.

Os dois livros são uma ode à alegria de viver e se configuram como um excelente combustível para alimentar a esperança, traduzindo com sensibilidade este momento de renovação, que, dependendo da entrega, pode durar o ano inteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma prazer receber sua visita. Obrigada pelo comentário.