quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Poesia em Cartaz


A poesia de Renilson Durães em exposição


 Até o dia 15 de fevereiro,  os trabalhos do poeta são atração do Painel Juca Neto



Nesta sexta-feira, 1º de fevereiro, o poeta a Renilson Durães estrela na Exposição Permanente de Poemas do Painel Juca Silva Neto, na Biblioteca Pública Antônio Teixeira de Carvalho, no Centro Cultural Hermes de Paula, em Montes Claros.

Primeiro expositor do ano no Painel, Renilson Durães começou a escrever desde a adolescência, por volta da década de 1970, e acumula cerca de 60 textos. “Comecei a redigir poesias envolto pelas ideias modernistas, iniciando um movimento na cidade. Daí pra frente nunca parei”, conta Durães, que é um assíduo participante dos movimentos culturais de Montes Claros, entre eles, o Psiu Poético.

Os poemas de Renilson Durães têm uma influência marcante e muito particular da filosofia e cultura orientais inspirados nas ideias dos mestres e grandes pensadores como Osho, Kalil Gilbran e Hermann Hesse. Ele utiliza elementos ora da natureza, ora da filosofia, religiosidade e psicologia para interpretar os fatos, ao tempo que saltam para as reflexões do mundo interior, dos pensamentos e sonhos, numa tentativa de mostrar a força das angústias ou inquietações na vida humana e fazer sobressair o valor dos bons sentimentos.

Renilson, que também é professor, destaca que a poesia exerce grande poder entre os seres humanos. “A poesia revela minhas feridas, minha alma, mas, ao mesmo tempo, é capaz de ajudar a viver melhor, mesmo não tendo a poesia a obrigação de ser útil”.

Até o dia 15 de fevereiro, o público pode conhecer os trabalhos do expositor.

Os poetas interessados em expor os seus poemas podem procurar o Centro Cultural Hermes de Paula das 8 às 12 horas, de segunda a sexta feira. Mais informações podem ser obtidas pelo (38) 3229-3458.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma prazer receber sua visita. Obrigada pelo comentário.