segunda-feira, 29 de junho de 2015

Bordadeiras de Pirapora

Colóquio entre bordadeiros e bordadeiras


Encontro nacional será realizado em Pirapora, no Norte de Minas, de 16 a 19 de julho





O Instituto de Promoção cultural Antônia Diniz Dumont  (ICAD) realizará em Pirapora, no período de 16 a 19 de julho, no Centro de convenções, o “Encontro Nacional do Bordado Colóquio entre bordadeiros e bordadeiras".

O evento tem como objetivo contribuir para a promoção, divulgação e intercâmbio de conhecimentos e técnicas do bordado, como forma de expressão artística e cultural, bem como propiciar a mostra de trabalhos das bordadeiras de Pirapora, do Norte de Minas, do Vale do São Francisco e de todo o Brasil.

Segundo a dirigente do ICAD, Sávia Dumont, durante o encontro nacional “vamos propor que todos os participantes percorram os caminhos da memória e da revitalização dos saberes, fortalecendo a cultura e a arte popular através das palestras, oficinas vivenciais, mostra de bordados e exposição de produtos", explica.

As inscrições continuam abertas, com contatos e mais informações pela internet (contato@icadbrasil.org), por telefone (3741-1500) e na sede do ICAD, na Rua Piauí n° 110 - Bairro Santo Antônio. 

GRUPO MATIZES DUMONT


O ICAD foi criado em 2004 pelo Grupo Matizes Dumont, dedicado às artes visuais e a ilustração de livros, tendo como linguagem universal o bordado. O trabalho iniciado pela mater bordadeira Dona Antônia, em fevereiro de 1940, estabeleceu 3 gerações de bordadeiras, incluindo as netas.

Cores, tecidos, fios, linhas, texturas e grafismos da natureza foram os primeiros brinquedos e desafios para a família de artistas bordadeiros, no sonho de criar e fazer arte com liberdade e ousadia, com desenhos e encantamentos bordados artisticamente, com características únicas, muito bem personalizadas. Suas obras são espontâneas, tem movimento e volume. Nelas, se percebem inúmeros traços da cultura, da biodiversidade e da vida no interior do Brasil.

Alguns bordados foram e são elaborados especialmente para ilustrar a palavra de diversos autores da literatura brasileira, estabelecendo uma estética própria, onde o direito e o avesso são valorizados ao formar inusitados desenhos, que surpreendem e desarmam a formalidade, conferindo atualidade à arte milenar. Os bordados do Grupo Matizes Dumont  brincam com a alma, com a criação e a sensibilidade, devolvendo o lúdico à criança interna do adulto. 

PROJETO BORDANDO O BRASIL 
        
O ICAD, com o foco na inclusão social pela arte, já capacitou mais 12 mil mulheres em Pirapora e em várias regiões brasileiras, através de variadas ações voltadas para a cultura, educação, saúde e meio ambiente. O Instituto oferece um espaço onde se vive a arte em suas diferentes expressões, desenvolvendo projetos sociais, de responsabilidade socioambiental e geração de renda, por meio do bordado artesanal.

Para fortalecer e revitalizar o ofício e a tradição dos bordados, o ICAD e o Grupo Matizes Dumont criaram, há alguns anos, o Projeto Bordando o Brasil, que deu origem a diversos grupos de mulheres bordadeiras em todo o Brasil, dentre eles uma Associação em Pirapora e Buritizeiro.

Mais informações: 
www.matizesbordadosdumont.com

Fotos: 
Ivan Rodrigues e Icad

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma prazer receber sua visita. Obrigada pelo comentário.