sábado, 23 de julho de 2016

FIOTIM



FÉRIAS NO MUSEU

Caravana ‘No Coração do Brasil’ apresenta  FIOTIM – O Museu em Movimento, em Januária

A criação do artista mineiro Jorge Fonseca promove uma reflexão que só a arte popular é capaz de inspirar, assim como tão bem fez o inominável Ariano Suassuna (Foto: Divulgação)

POR JERÚSIA ARRUDA
 
Neste sábado (23), Januária recebe a caravana ‘No Coração do Brasil’, que apresenta o projeto FIOTIM – O Museu em Movimento, uma releitura bem humorada do Museu Inhotim, localizado em Brumadinho (MG). A caravana está percorrendo cidades do Vale do Rio São Francisco – da nascente, em São Roque de Minas até a sua foz, em Penedo, no estado de Alagoas - levando arte às praças e espaços públicos.

O projeto consiste em uma galeria de arte ambulante, com um ambiente que envolve o espectador, criando uma interação do púbico com a obra e, em Januária, está montado na Praça Getúlio Vargas, na orla do cais, e pode ser visitado de 14h às 20h. A entrada é franca.

A iniciativa é da Prefeitura de Januária, por intermédio da secretaria municipal de Turismo, Cultura e Meio Ambiente, e, de acordo com o prefeito Manoel Jorge, abre espaço para as boas práticas culturais na cidade.

- Além de ser um pequeno museu, que expõe miniaturas de obras conceituadas de Inhotim, o FIOTIM é também é um parque de diversões que permite a interação do público adulto e infantil com a arte. Nesse período de férias, com muitos turistas visitando a cidade, além dos januarenses que estão aproveitando a pausa para curtir a praia do nosso São Francisco, é um espaço a mais, para divertir e, ao mesmo, tempo conhecer um pouco mais da arte e da cultura mineira – explica o prefeito.

De acordo com a assessoria de comunicação do projeto, além de margear o Rio São Francisco, o museu visitará algumas cidades no Vale do Cariri, no Ceará, e os estados de Sergipe, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, finalizando sua jornada em São Paulo, coincidindo com a abertura da 32ª Bienal de Arte de São Paulo.

Na sexta-feira, a caravana também passou por Pirapora, e o museu foi montado na praça a Praça dos Cariris, no Centro da cidade (Foto: Ivan Rodrigues)
O MUSEU
O Museu Itinerante, que tem ares de circo e teatro mambembe, foi criado pelo artista mineiro Jorge Fonseca, com a intenção de democratizar a arte contemporânea levando-a até diferentes lugares do país.
Construída tendo como base um trailer, possui jardim, lâmpadas e cataventos coloridos, além de pinturas de paisagens bucólicas e uma escultura posicionada ao centro. Entrando no trailer o espectador se conecta com uma exposição de 40 obras de arte, releituras feitas em miniatura de Inhotim.

- O Fiotim dá oportunidade para as pessoas se conectarem com a arte. É fato que um número significativo de pessoas nunca entrou em um museu o Fiotim leva a arte para o púbico, de forma itinerante. Ainda que observando releituras de obras consagradas, o espectador é instigado a refletir sobre a arte e as várias formas de manifestação do pensamento artístico – explica Fonseca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É uma prazer receber sua visita. Obrigada pelo comentário.