quinta-feira, 24 de junho de 2010

6º Forró Curralzim do Boi

O encontro 'tá marcado

Se vai ter traque, chuvinha ou rojão, eu não sei. O que sei é que não vai faltar animação no 6º Forró Curralzim do Boi, que acontece neste sábado, 26 de junho, a partir das 20 horas.

Além da alegria contagiante do anfitrião, Pedro Boi, que por si só já vale a festa, tem a banda Anarriê, com o melhor do forró pé-de-serra. Tem também as cores, adereços, comidas e bebidas, típicos das festas juninas.

Quer mais motivação? Arrume um pé-de-valsa (ou de forró) como companhia e caia no arrasta-pé.
 
Os ingressos custam R$ 6,00 e os 40 homens que chegarem primeiro terão desconto de 50% no ingresso (isso é para garantir que não vai faltar parceiro na contra-dança.

Então está marcado: sábado, 26/06, às 20 horas, no espaço cultural Curralzim do Boi (Rua Um, nº 236 – Major Prates Tels.: 38-3214.1027).

terça-feira, 22 de junho de 2010

Artes Plásticas

João e Luiz em exposição


Encerra hoje a mostra do mestre João Rodrigues e seu aprendiz, Luiz Guimarães, realizada no casa de cultura Márcia Prates (Rua Lírio Brant, 810, Melo), importante encontro das artes plásticas.

Com curadoria de Andréa Prates, a exposição foi montada de forma que os trabalhos dos dois artistas se espelhassem, reunindo, ao todo, 18 peças produzidas em têmpera vinílica sobre tela. De um lado, as telas de João Rodrigues desnudam a alma masculina revelando toda sua inquietude e intensidade, causando um impacto fulminante em quem as aprecia, efeito que, me parece, é arquitetado pelo artista antes mesmo da primeira pincelada.
Nas peças expostas, como se só a imagem não fosse capaz de traduzir a força de seus sentimentos, João Rodrigues ainda lança mão de palavras e expressões impressas sobre a tela – “desejo é vapor”, “o louco”, “segredo”, “sobre abismos”, “inquilinos” – causando um frisson, uma hipnose. “Não pinto para enfeitar; pinto para inquietar”, justifica sutilmente o artista, síntese de mistério e doçura.

Do outro lado, Luiz Guimarães utiliza a mesma técnica de Rodrigues, mas com temática mais leve, inspirada em formas mais orgânicas, uma arte de quem sabe como vai começar, mas nunca como termina, dada a diversidade. “Pintar é solitário, no contato com as pessoas encontro o elemento que completa o sentimento expresso em cada obra”, observa.

Parceria
Amigos há doze anos, João e Luiz resolveram estender os laços de amizade para a parceria na arte. Luiz diz que pinta há 14 anos, mas ainda não freqüentou a academia. “Na parceria com João Rodrigues, desenvolvemos a técnica que utilizamos nas telas expostas nessa vernissage. O contato com o mestre João me ajudou a superar dificuldades técnicas e representar melhor minha inspiração”, conta o artista. A parceria já rendeu três exposições, juntos.

Afonso Teixeira

Cotidiano transformado em arte

No período de 2 a 9 de junho, a galeria Vitrine (avenida Mestra Fininha, 880, loja 04) reuniu 15 das obras mais recentes do artista plástico Afonso Teixeira, numa exposição vibrante, colorida e extremamente contemporânea, que teve como tema central o cotidiano.

Envolvido no mundo das tintas, pinceis e muita criatividade há mais de 40 anos, além da técnica e estilo que tão bem o identificam, Afonso Teixeira se popularizou ao retratar símbolos da cultura regional em forma de orelhão, dando um toque lúdico à Praça de Esportes, no centro de Montes Claros – quem não se encantou com o pequizinho no calçadão da praça?

Artes Plásticas

Daqui por diante homenageia Ray Colares


Prorrogada até quinta-feira, 24/06, a mostra Daqui por Diante, uma homenagem ao artista plástico montesclarense Ray Colares, realizada de 14 a 20 de junho, na praça de eventos do Montes Claros Shopping Center.

O objeto temático da mostra foi o guarda-chuva, estilizados por cerca de 100 participantes, entre fotógrafos, jornalistas, designers, artesãos, grafiteiros, artistas plásticos, estilistas, dentre outros.

Esta é terceira edição da mostra, idealizada por Felicidade Tupinambá, Caíco Siufi e Viviane Marquesque, que também já homenageou o escritor Guimarães Rosa e o artista plástico Konstantin Christoff. Além dos guarda-chuvas, a exposição reuniu gravuras autenticadas de Ray Colares.

A renda obtida com a venda das obras será destinada à Casa da Imprensa, Asilo São Vicente, Grappa e ao projeto Anjos do Futuro.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Paula Fernandes

O cor-de-rosa country dá o tom do
Dia dos Namorados em Montes Claros

No dia dos Namorados, 12/06, a cantora e compositora, Paula Fernandes, maior revelação do sertanejo pop do Brasil, fará apresentação única em Montes Claros.

O show acontece no estacionamento da Faculdade de Saúde Ibituruna (Fasi), a partir das 22 horas. Os ingressos custam: R$15,00 (meia-entrada) e R$ 30,00 (inteira). Área Vip com 200 mesas com visibilidade do palco.

Discografia
Dona de uma voz única e inconfundível, Paula Fernandes vem arrebanhando corações com músicas como “Meu eu em você” “Pássaro de Fogo”, “Jeito de Mato”, "Ave Maria Natureza”, "Sem você”, entre outros sucessos.

O novo disco conta com participações da dupla César Menotti & Fabiano e do cantor Almir Sater, com quem Paula Fernandes despontou o sucesso "Jeito de Mato", um dos temas da novela "Paraíso", da TV Globo.
Histórico
Cantora e compositora, Paula Fernandes, 25 anos, nasceu em Sete Lagoas/MG. Começou a cantar ainda criança, aos oito anos e, aos 10, lançou o primeiro disco independente.

Nesta época, se apresentou em festas e casas de espetáculos de sua cidade e arredores e participou de programas de televisão e rádio para divulgar o trabalho.

Em Sete Lagoas, apresentou o programa de rádio "Criança Esperança" na companhia dos amigos Brandão e Sidney a boa atuação a levou a participar de vários números autorais no programa "Paradão Sertanejo", da TV Band Minas.

Aos 12 anos, Paula Fernandes se mudou com a família para São Paulo e foi contratada por uma companhia de rodeios, com a qual trabalhou durante cinco anos, viajando por todo o Brasil como cantora da trupe, o que lhe rendeu bastante experiência de palco, repertório e vida artística.

Inspiração
Neste mesmo ano, inspirada no sucesso da novela "Ana Raio e Zé Trovão", da extinta TV Manchete, Paula lança seu segundo CD, "Ana Rayo", com repertório pop-sertanejo.

Paula então foi apresentada ao diretor Jayme Monjardim pelo produtor musical Marcus Viana, conhecido por criar trilhas sonoras de produções como as novelas "Pantanal", "O Clone" e "A Casa das Sete mulheres".

O contato resultou na gravação da música "Ave Maria Natureza", uma versão da "Ave Maria" de Schubert, bastante executada na trilha da novela "América".

Neste mesmo ano, Paula Fernandes lança seu terceiro CD, "Canções do Vento Sul", pelo selo Sonhos e Sons, com participação do grupo Sagrado Coração da Terra e do cantor Sérgio Reis, este na música "Sem você”. “É a mais bela voz que ouvi nos últimos 10 anos’, afirmou Sérgio Reis na época.

Diversidade
No álbum, Paula já mostrava sua diversidade artística, com temas que passavam pela MPB, música pop, country, sertanejo de raiz e pitadas de world music.

O disco rendeu a Paula uma importante indicação ao Prêmio Tim de Música Brasileira de 2006, na categoria de melhor cantora popular (júris popular e oficial).

Em dezembro de 2006, Paula Fernandes lança o álbum "Dust in the Wind", com músicas de seu repertório internacional, como "Angel", de Sarah MacLachlan, "The Boxer", de Paul Simon, além de uma bela versão para a música "Dust in the Wind", do Kansas, incluída na trilha sonora da novela "Páginas da vida".
Em 2008, Paula Fernandes é contratada pela Universal Music, que aposta no talento da cantora mineira no CD "Pássaro de Fogo", com destaque para as músicas "Meu eu em você" e "Pássaro de Fogo".

Ainda antes do lançamento do disco, a gravadora opta pela internet como porta de entrada de divulgação do novo trabalho. A iniciativa agregou novos fãs e sedmentou antigos admiradores da cantora.


______________________________________
Serviço:

Show Paula Fernandes - 12 de junho - 22 horas
Local: estacionamento da Faculdade de Saúde Ibituruna (Fasi)
Ingressos: R$15.00 (meia-entrada) e R$ 30.00 (inteira)
Informações: (38) 9118–5967 / 9963–0505 / 3222–1764.