terça-feira, 28 de setembro de 2010

Psi Poético 2010

Confira os homenageados da 24º edição do Psiu Poético

A cada edição, o Psiu Poético rende homenagem a poetas que se destacam no cenário nacional. Neste ano, o Salão vai além da poesia e também homenageia importantes nomes ligados ao cinema, cuja obra revela a cultura brasileira com uma surpreendente contemporaneidade poética. Confira os nomes:

Carlos Alberto Prates Correia

O cineasta cresceu em Montes Claros e, depois, se mudou para Belo Horizonte, onde começou a trabalhar como crítico de cinema no jornal Diário de Minas. O diretor iniciou sua carreira cinematográfica em 1965, como responsável pela continuidade no longa-metragem “O Padre e a Moça”, de Joaquim Pedro de Andrade. Logo após as filmagens, Carlos Alberto fundaria, com outros amigos aficionados por cinema, o CEMICE - Centro Mineiro de Cinema Experimental. Em 1970 realizou seu primeiro longa, “Crioulo Doido”, filmado na cidade histórica de Sabará. Depois desse filme, Carlos Alberto, além de trabalhar como produtor em vários filmes se tornou um dos mais importantes e premiados diretores do cinema brasileiro. Ele acabou de restaurar e reeditar seus filmes deverá lançar, em breve, uma caixa de DVDs com o resultado deste trabalho.

Rogério Salgado nasceu em Campos dos Goytacazes(RJ), mas, em 1980, mudou-se para Belo Horizonte/MG. Em 1983 criou, com Ecivaldo John e Virgínia Reis, a revista “Arte Quintal”, um dos mais importantes veículos culturais da época. Em 1993 criou o projeto “In/Sacando a Poesia”, que consistia em colocar poemas dentro de saquinhos de embalar pães nas padarias, recebendo, pelo projeto, o prêmio Capital Nacional-Categoria Poesia, em Aracaju/SE, em 1998. Em 2000 foi editor e orientador de pesquisa do livro “Uai Poético - pesquisando as raízes e veias poéticas”, de Virgilene Araújo, uma reunião de poetas atuantes na capital mineira. Neste mesmo ano, criou, com Wal Souza e outros poetas, o “Sarau da Lagoa do Nado”, dando inicio a efervescência poética que iria crescer nos próximos anos na capital mineira. É idealizador e realizador, junto com Virgilene Araújo, do “Belô Poético”, encontro nacional de poesia de Belo Horizonte, e “Poesia na Praça Sete”, já em sua 3ª edição.

Mano Melo

No cinema, participou de dezenas de filmes, curtas e longas metragens. Na televisão, teve participações em várias minisséries e telenovelas da Rede Globo. No teatro, interpretou várias peças em dezenas de espaços e eventos por todo o país. Como poeta, além de seu trabalho individual, fez parte do grupo de poesia “Ver o Verso”, junto com Pedro Bial, Alexandra Maia e Claufe Rodrigues, e do projeto “Poesia faz escola”, uma série de dez recitais em diversas cidades do estado do Rio de Janeiro, para alunos de segundo grau das escolas públicas estaduais.

Osmir Camilo é fundador da ONG Lesma, formado em Designer, escritor, declamador e ator. Criador e coordenador do evento “Abril Poético”, que promove uma séria de intervenções envolvendo eventos literários, culturais e esportivos em mais de 10 cidades, nas regiões do Alto Paraopeba e Alto Piranga, alternando ano a ano.




Luiz Roberto Zanotti faz parte dos projetos “Poéticas da ruptura: linguagens dramáticas e cênicas do contemporâneo (Uniandrade)”, “Intermídia: estudos sobre a Intermidialidade (UFMG)”, "Cesh - Centro de Estudos shakespereanos”, “Dramaturgia, tradição e contemporaneidade da Abrace”, e projeto “Novos Autores”, do Núcleo de dramaturgia do Sesi. Na área artística atua como diretor teatral, dramaturgo, compositor e escritor.

Vera Lúcia Veríssimo de Souza, professora montesclarense, participa do Psiu Poético desde 1993 e, em 2007, lançou o livro “Cachoeiras de Emoções”.

Psiu Poético 2010 - Programação

Confira a programação da 24º do Psiu Poético, que acontece de 04 a 12 de outubro de 2010, em Montes Claros.  A participação é gratuita e aberta ao público e, de acordo com os roganizadores, surgirão novas programações durante o Psiu Poético, conforme a vontade dos participantes.



04 Outubro – Segunda
08h – Despertar Poético pelas ruas da cidade - Concentração: Praça da Matriz
20h – Abertura do Psiu Poético
Lançamento dos livros: “O gato que nunca comeu rato” – Samuel Rabelo, “O Tempo da Curva” – Alexander Nassau e “Corpo Letrado” – Lançamento e performance – Babilak Bah (foto)
Performance: “Poemas” – Vera Veríssimo e Nino Rei e “Ar do Norte” – Banda 04 de Copas
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula
 05 Outubro – Terça
09h – Projeto Poesia Circular- Escola Estadual Felício Pereira de Araujo (bairro Sumaré)
15h – Palestra: “João Chaves: As Modinhas de Montes Claros e sua Poética”
Palestrante: Igor Coimbra
Intervenção Poética: Jéssica Caroline, Fábio Fernandes de Souza, Patrícia Giseli

Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula



18h – Cinepoesia: “E o Caleidoscópio?” – Mateus Sizílio, “Curta Poesia” – Frederico Machado, “Por Acaso Gullar” – Maria Rezende e Rodrigo Bittencourt
Local: SESC Montes Claros


18h 30m – Roda de Poesia – Hall – CCH – Unimontes
19h 30m– Palestra: “Palavra, onde mora o encanto?” – Fernando Salomon
Local: CCH – Unimontes


20h – Lançamento dos livros: “Vontade de nascer” – Jason de Morais; “Natureza, Divino Amor” – Deomídio Macedo; “Caixa de Abelhas” – André Assi; “Miltonalidades” – Milton Santiago – Recital c/ Meninas de Salinas
Performance poética musical: “Visionários” -Robson Nascimento e Quarteto de Rua, Élcio Lucas, Márcio Morais e Cia.
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula


06 Outubro – Quarta
09h – Projeto Poesia Circular - Escola Estadual Armênio Veloso (Bairro de Lourdes)
15h – Palestra sobre o livro “Solombra”, de Cecília Meireles
Palestrante – Luciane Mota
Intervenção poética: Paula Ferreira Ribeiro, Saymon Raffael, Lara Batista
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula


18h – Cinepoesia: “Videopoemas “– Francisco Xavier; “Psiu Madalena” – Luiz Zanotti; “Coisa de Pele” – Cacinho
Local: SESC-Montes Claros/MG

 
20h – Lançamento dos livros: “Tempo: O Grande Tesouro” – Olímpio Élton; “A Casa da Ressurreição” – Maria do Socorro Mendes;
Performance musical: Ribeiro e Ribeirinho; Coral Beija Flor – Balé Clássico – Dança do pote – E.E. Marilda de Oliveira – Nova Esperança
Recital Poético Viva Cândido – E. E. Vereador Francisco Tóffani
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula


07 Outubro – quinta-feira
09h – Projeto Poesia Circular: E.E. Maria da Conceição Rodrigues Avelar (Bairro Eldorado)
15h – Palestra sobre o livro “Dois Irmãos” – Milton Hatoum
Palestrante: Renato Fagundes
Intervenção Carlos Magno, Anatália Moreira, Maria do Socorro Mendes
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula


18h – Cinepoesia: “Roda Viva” – Maria Cida Neri; “Degust de Arte Terror de Família ou Publicidade Barata” – Alípio Gomes

Local: SESC-Montes Claros/MG



18h 30m – Roda de Poesia

19h 30m – Palestra

Poesia e Universidade – Romério Rômulo
Local: CCH – Unimontes



20h – Lançamento dos livros: “Urdidura de Sonhos e Assombro” – Marcos Freitas; “Tempo de Entardecer” – Leonardo Valesi Valente; “Sob as Jabuticabeiras” – Marly Costa
Performance musical: “Recital Poético” - E. E. Francisco Peres, Domingos Ramos, Sholmes Souto, Barú Sonoro
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula


08 Outubro – Sexta-feira
09h – Projeto Poesia Circular - E. E. Dep. Esteves Rodrigues (Vila Áurea)
15h – Palestra sobre o livro “Mar Morto”, de Jorge Amado
Palestrante: Karla Celene Campos
Intervenção Poética: Osmir Camilo, Sâmella Priscila, Albino José dos Santos
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula


16h – “Poesia e Povo” - Jason de Morais e convidados
Local: Praça Dr. Carlos – Centro



18h – Cinepoesia: “A Travessia do Papel” - Auiri Tiago, Mateus Sizílio
“Conversando Com o Rio” – Luciano Dayrell

Local: SESC-Montes Claros/MG



19h – Programa “Psiu Pessoas” (ao vivo ) –TV Geraes/ Cultura – Canal 2
20h – Lançamento dos livros: “Reflexos sobre o amor” – Ademir de Freitas; “Per Augusto & Machina” – Romério Rômulo; “O Amor visto da ponte” – Osmir Camilo, Patrícia Fonseca e Wagner José Vieira; “Dupla Poesia” – Marcoliva e Marly Silveira

Performances poéticas musicais: Johnathas Correia, Grupo Lesma, Elthomar Santoro, Grupo Lesma, Ivinho Lopes
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula


09 Outubro – Sábado
10h – Poesia no Mercado: espetáculos, recital e lançamentos: DVD “Psiu Poético em foco” – Olímpio Élton; DVD – “Pedro Passarinho” - Nino Rei e Cia.
Participação: Grupo da 3ª Idade Nova Esperança, Natália de Paula, Túlio de Paula, Marcim da Gaita, Antônio de Jesus Fonseca, Enésio Veiga, Betinho, Carlos Magno, Nanda Rodrigues, Aroldo Pereira, Mavot Sirc, Renilson Durães, Mirna Mendes, Ribeiro e Ribeirinho, Tatiana Cobbet, Marcoliva, André Águia, Wagner Rocha, Anatália Moreira, Dr. Bezerra, Maria Iede Nunes Costa Zuba, Albino José dos Santos, Tamiris Mota, Rogério Salgado, Mano Melo, Osmir Camilo, Vera Veríssimo, Luiz Zanotti, Maria Teixeira, Zezé Almeida, Vilson Rodrigues, Pedro Pereira Lima, Elthomar Santoro, Sholmes Souto, Mané do Café, Maria Morais, Maria Cecília Leite, Willian Viana, Batuque do Quilombo da Lapinha, Grupo Transa Poética
Local: Mercado Central Raief Christof


18h – Cinepoesia – Cinema Comentado – CineClub – CineSESC
“Crioulo Doido” – Carlos Prates; “Cinema Montes Claros” – Edes Barbosa
Local: SESC-Montes Claros/MG


20h – Lançamento dos livros: “Antologia do 24° Psiu Poético” – Vera Veríssimo e vários autores; “Código de Barras” – Virgilene Araújo; “Poemas – 1975 a 2010 – 35 Anos de Poesia” – Rogério Salgado.
Performances poéticas musicais: Carlos Magno e Grupo Cordas Vocais; “Rocks Geraes” – André Águia, Athos Menezes; “Poeta em Ação” – Mano Melo; “Bendita Companhia” – Tatiana Cobbett, Marcoliva e Jobert Narciso.
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula


10 Outubro – Domingo
10h – Ocupação Poética na Praça – Espetáculos, lançamentos: Auiri Tiago, Renato Rodrigues, Irineu Barone, Karla Celene Campos, Sebastião Abceu, Jason de Morais, Thais Dias, Seu Betto, Regina Dourado, Edson Lopes, Natália e Túlio de Paula, Domingos Ramos, Raquel Monteiro, Fábio Gonçalves, Pedro Passarinho, Terezinha Campos, Doris Araújo, Nino Rei e Cia., Gilmar Gusmão.

Local: Feira de Artes e Artesanato – Praça da Matriz



18h – Cinepoesia – Cinema Comentado – Cineclube – CineSESC
“Mano do Ceará” – Rômulo Fritscher; Castelar e Nelson Dantas; “No País dos Generais” – Carlos Prates
Local: SESC - Montes Claros/MG


20h – Lançamento dos livros: “João Ninguém num dia de São Nunca” – Flávio Teixeira; “Caminhos” – Ivone Dantas
Performances: “Cândido Canela” – Seu Betto, Terezinha Campos e os Poetas Mirins; “Cultura Popular “– Letrinhas Mágicas; “Elas” – Simone Sobral Silva; “Performance” – Doris Araújo e Sebastião Abceu
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula



11 Outubro – Segunda-feira

09h – Projeto Poesia Circular - Escola Municipal Prof. Eunice Carneiro (Conj. José Correa Machado)
15h – Palestra sobre o livro “Parangolivro”, de Aroldo Pereira

Palestrante: Gilson Neves
Intervenção Poética: Mano Melo, Adílson Cardoso, Marli Froes
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula


18h – Cinepoesia: “Perdida” – Carlos Prates
Local: SESC - Montes Claros/MG



20h – Lançamento dos livros: “Catopoética” – Francisco Xavier; “Poesia S/A” – Alunos da E. E. Sílvia de Alencar, de Buritizeiro –Coordenação – Edson Lopes

Performances: “Performance Poética” - E. E. Armênio Veloso; grupo Prego de Linha
Wagner Black e os Despertadoidos
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula

12 Outubro – Terça-feira

10h – Poesia na Rodoviária – Dia da Criança - Interação entre poetas, crianças, músicos, palhaços, atores e viajantes.

Local: Terminal Rodoviário de Montes Claros
16h – Brincando com Palavras: Espetáculo com poemas de José Paulo Paes
Músicas – Madan
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula

18h – Cinepoesia: “Palavra (En)Cantada – dos poetas provençais ao Rap” – Helena Solberg
Local: SESC - Montes Claros/MG

20h – Lançamento dos livros: “Psiu Poético Coletânea” - Jurandir Barbosa e convidados; “Carnaverbo” – Marli Froes; “História da Menina que chorava letras” – Flávia Muniz.
Performances: “Poesampa / Poesamba” – Luiz Zanotti, Bruno Andrade, Fabiana Lima
e Hélio Carneiro; “Musicais” – Flávia Muniz, Minas com Praia, Afrânio e Cia. Birravioural
Local: Auditório Cândido Canela – Centro Cultural Hermes de Paula

Entra em cena o Psiu Poético

Reconhecido como um dos maiores movimentos dedicados à poesia do País, o 24º Salão Nacional de Poesia Psiu Poético acontece de 4 a 12 de outubro, tendo como centro a poesia e a produção a literária.


Está tudo pronto para a realização da 24ª edição do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético que acontece, anualmente, em Montes Claros. A programação começa no dia 4 de outubro, Dia Municipal da Poesia, com um despertar poético envolvendo poetas, professores, estudantes, músicos, atores, agentes culturais e toda comunidade, e vai até o dia 12 de outubro, tendo como centro a poesia e a literatura.



Com o tema Cinepoesia, segundo seu idealizador e curador, o poeta Aroldo Pereira, neste ano, a proposta do Psiu é retomar a tradição que Montes Claros tem com o cinema através da produção de seus cineastas. “Junto com a poesia, vamos mostrar, por exemplo, o trabalho de Carlos Alberto Prates Correia, que realça sua paixão por Montes Claros e região em todos os seus filmes, e Edes Barbosa, com seu cinema calcado na história dos geraizeiros e barranqueiros do Norte de Minas. Também teremos o trabalho que nova cena montesclarense vem produzindo nessa área, com destaque para Adriana Cursino, Lara Araújo, Fernando Rodrigues, Iésus Filho, Duran Veloso, Andréa Martins”, ressalta Aroldo.



A 24ª edição do Psiu Poético, de acordo com Aroldo Pereira, também enfatiza o movimento Catrumano, que a partir de suas ações teve o dia 08 de dezembro oficializado como o Dia dos Geraes, reforçando o orgulho do povo norte mineiro.



Criado pelo grupo de Literatura e Teatro Transa Poética, em 1987, o salão vem promovendo, ao longo de 24 anos consecutivos, diversas atividades literárias e culturais, atraindo a atenção de poetas, escritores e artistas de todo País. Por aqui já passaram importantes nomes da literatura brasileira, abrindo espaço para as diversas experiências de linguagem no campo da poesia que se produz no Brasil e no mundo.



Além da poesia, durante o Psiu Poético, também são realizados shows musicais, palestras, debates, passeatas e diversas atividades que fomentem a leitura e a produção literária, com participação de escolas da rede pública, faculdades e universidade.



No período de seleção, Aroldo Pereira conta que foram recebidas centenas de trabalhos. “Recebemos inscrições de poetas de todas as gerações e de várias cidades do País e, mesmo com uma programação de nove dias seguidos, tivemos dificuldade para incluir todos os trabalhos. Esperamos que todos prestigiem o evento e, juntos, possamos, mais uma vez, celebrar a poesia”, convida.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Costuras do tempo

A estilista Oneide Torres realiza Bazar com peças costuradas
com linhas de saudade

O poeta diz que recordar é viver. Talvez essa seja a proposta do bazar realizado pela estilista e artesã Oneide Torres, conhecida pelas suas produções para festas de gala. O Bazar acontece até dia 02 de outubro, na Casa de Cultura Márcia Prates e reúne um acervo de décadas, entre botões, que mais parecem bijouteria, linhas, rendas, tecidos e roupas prontas e em fase de acabamento.

Oneide conta que começou a costurar há mais de 30 anos. A princípio, suas próprias roupas, depois, para as amigas, que queriam roupas iguais às suas. “Pela originalidade, eu acho”, observa a estilista.

Com o tempo, o trabalho de Oneide ganhou notoriedade. Foi ela quem produziu o figurino para o 1° Glamour Girl, tradicional promoção realizada pelo colunista social Theodomiro Paulino. De lá pra cá, a costureira não parou mais e hoje, ela diz que não dispõe de espaço para guardar tantos artefatos que foram se acumulando ao longo dos anos. “Por isso decidi realizar o bazar. No primeiro dia (16/09) eram mais de 10 mil botões dos mais variados materiais – destaque para os de madrepérola, cristal, cunhados em metal -, metros e metros de tecidos, muitos deles já nem se fabricam mais, e muitas linhas, além das roupas prontas ou inacabadas, cada uma delas com um pouco de história e de saudade”, comenta Oneide.

Ainda dá tempo de reviver a história dessa artista que é parte do patrimônio de Montes Claros. O horário de visitas é de 9h às 19h, de segunda á sexta-feira, e de 9h às 12h, no sábado. A Casa de Cultura Márcia Prates fica na Rua Lírio Brant, 810 – Bairro Melo, em Montes Claros.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Espaço para a arte

BNB lança edital de seleção de propostas para compor programação dos seus centros culturais em 2011

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) lançou o edital de seleção de propostas artísticas para participação nas programações dos Centros Culturais BNB-Fortaleza, Cariri (em Juazeiro do Norte, na região sul do Ceará) e Sousa (no alto sertão paraibano), durante o ano de 2011.

Os interessados podem apresentar propostas nas áreas de artes cênicas, artes visuais, literatura, música, atividades culturais infantis, cursos de apreciação de arte, oficinas de formação artística, além dos programas Museu Vivo e Novas Ideias. Todas as informações (edital e formulários) para inscrição de propostas estão disponíveis desde o último dia 1º, no portal do BNB (www.bnb.gov.br/cultura).

O BNB recebe propostas até 15 de outubro de 2010 e o resultado da seleção será divulgado em 27 de dezembro deste ano. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail cultura@bnb.gov.br ou pelos fones (85) 3464.3108 (Fortaleza), (88) 3512.2855 (Cariri) e (83) 3522.2980 (Sousa).

As inscrições devem ser feitas mediante entrega de formulários-proposta, específico para cada uma das atividades, devidamente preenchido com letra legível ou digitado, assinado pelo responsável pela proposta e acompanhado dos respectivos anexos.

Qualquer pessoa física ou jurídica pode apresentar projetos para as três unidades do CCBNB.

Grupo de Teatro Fibra

Grupo apresenta espetáculo "Vem ver boi" no Festival de Cultura Regional de Lagoa Santa


Nas comemorações de seus 30 anos, Grupo Teatro Fibra apresenta o espetáculo “Vem Ver Boi”, nesta quarta-feira (15), no 2º Festival de Cultural Regional de Lagoa Santa/MG.O espetáculo será apresentado gratuitamente na Praça Dr. Lund,no centro da cidade.

"Vem Ver Boi" é um mosaico que retrata, através da personagem “Sá Dona”, a individualização do homem contemporâneo com suas mazelas políticas, existenciais e morais, mas também os valores culturais, em especial os festejos de boi, que permeiam todo o Brasil como fonte perene para mudanças de atitude, reacendendo nesse mesmo homem o desejo de se “ajuntar” para dançar, cantar e festejar. O espetáculo tem forte apelo visual, quando as fantasias da personagem “Sá Dona”, são materializadas.

Esta é 16ª montagem do Grupo Teatro Fibra numa trajetória que completa 30 anos. A Concepção e direção são de Lucílio Gomes e a dramaturgia de Terezinha Lígia, direção musical de Amauri Tibo.  “o espetáculo é um grito de urgência, urgência de retorno de encontros para trocar pelo menos um pouco o sintético e o cibernético pelos sabores do amor, do compartilhar e pensar juntos”, conta Lucílio Gomes.

2º Festival de Cultural Regional
O festival começou no último domingo e prossegue até o dia 18 de setembro, com uma vasta programação cultural na Praça Dr. Lund:  espetáculos de dança, teatro, cursos temáticos, encontros musicais, exposição de artes e grandes nomes da música brasileira, dentre eles, Paulinho Pedra Azul, Geraldo Azevedo, e uma homenagem do Festival Internacional de Corais (FIC) a Milton Nascimento pelo Coral Municipal Bocapella, da Venezuela.

A programação conta, ainda, com o lançamento do programa “Voluntários da OMT”, Organização Mundial do Turismo. Outras informações pelo telefone: (38) 3688 – 1389.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Tino Gomes: Show de música e humor

Artista mineiro se vira bem com causos,
cantigas e muito humor


A dica cultural deste fim de semana vem de um ilustre navegante e amigo amado amantíssimo, Luis Carlos Novaes, o doce Peré. Um convite a todos para rir e se emocionar com a música e o bom humor de Tino Gomes, que se apresenta nesta sexta-feira, às 21h, no Teatro Cândido Canela dentro Cultural Hermes de Paula (Praça Dr. Chaves -Matriz), em Montes Claros.

Poeta, ator, cantador, contador de histórias, humorista, dançarino e muito mais. Artista do povo por excelência e vontade de Deus, Tino Gomes mostra tudo o que aprendeu em 40 anos de carreira. "Mineiro de alma e coração", como costuma dizer, Tino Gomes prefere definir sua apresentação como um monólogo humorístico, com mais de uma hora de irreverência e alegria. "Está na hora de viver os personagens maravilhosos que a vida me ensinou", anuncia.

"Vou contar histórias que vivi e escutei e cantar músicas que aprendi ao longo dessa estrada, e tudo com muito gosto", avisa o artista. "Também vou encenar cordéis, contar causos de Minas e interpretar um texto maravilhoso do cineasta Carlos Alberto Ratton, "Marombaldo". Um dia, um amigo me perguntou como era o show e respondi: "E tudo que já contei, só que agora tô cobrando’", brinca.

NA ESTRADA
Natural de Montes Claros, onde começou a carreira entre um espetáculo e outro como humorista, Tino Gomes também conseguiu tempo para lançar 13 discos. No início da década de 1970, foi um dos criadores do lendário Grupo Raízes, que ficou conhecido nos meios universitários de todo o país, mesmo não tendo durado muito.

Músicas como "Desentoando" e "Gente festeira", até hoje, são cantadas pelos que viveram aqueles tempos, que Tino costuma se lembrar com certo saudosismo. Mas como não é homem de viver do passado, considera seu último CD, "Catopezara Brasilis", que ele lançou em Montes Claros no último Festival do folclore/Festas de Agosto, o mais maduro de sua discografia. No início do ano que vem vai lançar disco novo, "Concertino Gomes".

CAVALHEIRO ERRANTE
Vivendo entre Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Montes Claros "e onde tiver uma boa cantoria", Tino Gomes confessa que gosta mesmo é de andar por estas vastidões de Minas. "Também acredito que Minas são muitas. E são tantas que cada cantinho daqui é um pedaço do mundo, cheio de histórias de música e de um povo generoso e alegre".

Ator em filmes como “A hora e a vez”, de Augusto Matraga, de Vinicius Coimbra, com estreia prevista ainda para este ano, e “Minas Texas”, do conterrâneo Carlos Alberto Prates Correia, Tino diz que quando viaja por Minas olha as estradas e é imediatamente levado pelo som que o pai fazia na gaita, acompanhado da voz de sua mãe. "Além do mais, sou um homem inquieto e agora está na hora de viver os personagens maravilhosos que a vida me ensinou, como os que mostrarei neste show", conclui.

SERVIÇO:

Tino Gomes em cantoria, poesia e uns cauzim de safadeza
Sexta-feira, às 21h, no Teatro Cândido Canela dentro Cultural Hermes de Paula (Praça Dr. Chaves -Matriz), em Montes Claros.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Petrônio Braz

Ilustre Norte-mineiro

O advogado e escritor sanfranciscano, Petrônio Braz, recebe, no próximo dia 12 de setembro, Medalha de Honra JK, concedida pelo Conselho da Medalha, pelos seus relevantes serviços profissionais e culturais. A entrega da Medalha acontece na Praça Juscelino Kubitschek, às 10:00 horas, em Diamantina/MG.

Esta é a quarta medalha de honra que o norte-mineiro recebe - ele já recebeu do a Medalha Santos Dumont (grau prata), concedida pelo Governo de Minas Gerais, Medalha Israel Pinheiro, concedida pelo Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais e a Medalha Matias Cardoso, outorgada pelo Movimento Catrumano.

A Medalha JK foi criada pelo governo mineiro em 5 de setembro de 1995, com o objetivo de premiar o mérito cívico de personalidades e entidades que prestam ou tenham prestado serviços de excepcional relevância à coletividade e contribuído para o crescimento das instituições políticas e governamentais, bem como para o desenvolvimento do município, do Estado ou do País.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Carnamontes 2010

Estrutura já está quase montada

A 14ª edição do Carnamontes promete agitar a cidade no próximo fim de semana. O evento será realizado na Praça dos Jatobás, região sul da cidade, e contará com 25 barracas na Praça de Alimentação, 60 camarotes empresariais, camarote vip para 3 mil pessoas e ainda dois trios elétricos.

A segurança será um ponto forte do evento. Todos os foliões, antes de entrar no local da festa, vão ser revistados por detectores de metais. Além disso, estarão distribuídos postos de observação e vigilância com câmaras em pontos estratégicos do circuito. Policiais militares, bombeiros, agentes da Polícia Civil, Polícia Federal, guarda municipal e seguranças particulares vão trabalhar para garantir uma festa segura.

Os portões serão abertos às seis da tarde e os shows devem começar às sete e meia da noite. Por determinação da Secretaria de Meio Ambiente, a festa deve terminar uma e meia da madrugada.

A novidade deste ano são as entradas separadas para cada área do circuito: palco, bloco e camarotes VIP e empresarial. Este ano, a expectativa dos organizadores é de que 60 mil pessoas por dia participem da festa.

Preços
Quem ainda não adquiriu seu ingresso ainda há tempo: os abadás estão sendo vendidos na loja do Carnamontes, na Avenida Deputado Esteves Rodrigues, em frente ao Mapa de Minas.

Até quinta-feira, os abadás de pista estão sendo vendidos por R$ 60,00. O camarote Vip custa R$ 120,00 e já está sendo comercializado o último lote.

Este ano o camarote empresarial será maior e terá espaço para atender 12 pessoas. O camarote na parte de cima custa R$ 800,00 e na parte de baixo R$ 600,00.