terça-feira, 30 de junho de 2015

XVI Fenearte


Arte mineira em feira nordestina

Programa Artesanato em Movimento leva artesãos mineiros para Feira Nacional em Pernambuco



As riquezas do trabalho manual mineiro têm espaço garantido na XVI Feira Nacional de Negócios do Artesanato – Fenearte, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. O Governo de Minas Gerais, por meio da Sedinor, vai participar do evento que começa nesta quinta-feira (02/07) e vai até o dia 12 julho.

Em um estande do programa Artesanato em Movimento, serão exibidos os produtos artesanais característicos do Norte e Nordeste do estado. Ao todo, vão participar do evento 11 associações de artesãos, contemplando os municípios de Minas Novas, Caraí, Turmalina, Datas, Diamantina, Berilo, Veredinha, Januária, Taiobeiras e Cônego Marinho.

O programa Artesanato em Movimento é executado pelo Sistema Sedinor/Idene e visa alavancar estratégias de divulgação e comercialização do artesanato. A iniciativa tem como meta o apoio a eventos e feiras nacionais e regionais para incentivar a produção e os negócios da atividade artesanal. Neste evento, realizado em parceria com o Centro de Artesanato Mineiro (Ceart), estão sendo investidos cerca de R$ 80 mil em aquisição e montagem do estande, além de transporte e hospedagem de artesãos e técnicos.

A Fenearte, que chega à 16ª edição neste ano, é uma das mais importantes feiras do país e deve receber cerca de 320 mil visitantes de vários estados brasileiros e do exterior e espera movimentar em torno de R$ 40 milhões. Em mais de 29 mil metros quadrados com 800 estandes, a Fenearte vai reunir cerca de 5 mil expositores de 51 países. Como é tradição, peças artísticas de todo o Brasil serão apresentadas. Neste ano, a feira homenageia o poeta popular Lourival Batista, imortalizado como Louro Pajeú, que faria 100 anos em 2015; e o artesão Manoel Borges da Silva, o Mestre Nuca de Tracunhaém.

No estande do Governo de Minas, ficarão expostas em 48 metros quadrados, peças selecionadas pelo Ceart, que também dará apoio no gerenciamento do evento como: especificação técnica, contagem, armazenamento e transporte das peças, aquisição ou locação de estruturas para a exposição, além do recrutamento, seleção e capacitação da equipe responsável para expor e/ou comercializar os produtos durante o evento.

Atualmente existe, entre o Sistema Sedinor/Idene e o Centro de Artesanato Mineiro, uma parceria com o intuito de fomentar o segmento, gerando renda e divulgando a cultura da região de abrangência da Secretaria.

Participam da exposição, por meio do estande do Governo de Minas:

·         Associação dos Artesãos da Comunidade de Coqueiro Campo
·         Associação dos Artesãos de Santo Antônio Caraí
·         Associação dos Lavradores e Artesãos de Campo Alegre
·         Soarte Associação dos Artesãos de Turmalina
·         Divinart - Associação dos Artesãos e Produtores Caseiros da Datas
·         Associação dos Artesãos de Sempre Viva
·         ASTUR - Associação dos Artesãos de Turmalina
·         Associação Produtores e Artesãos de Roça Grande
·         Associação Produtores e Artesãos de Veredinha
·         Associação Amigos da Cultua da Região de Januária
·         Associart - Associação dos Artesãos do Município de Taiobeiras

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Bordadeiras de Pirapora

Colóquio entre bordadeiros e bordadeiras


Encontro nacional será realizado em Pirapora, no Norte de Minas, de 16 a 19 de julho





O Instituto de Promoção cultural Antônia Diniz Dumont  (ICAD) realizará em Pirapora, no período de 16 a 19 de julho, no Centro de convenções, o “Encontro Nacional do Bordado Colóquio entre bordadeiros e bordadeiras".

O evento tem como objetivo contribuir para a promoção, divulgação e intercâmbio de conhecimentos e técnicas do bordado, como forma de expressão artística e cultural, bem como propiciar a mostra de trabalhos das bordadeiras de Pirapora, do Norte de Minas, do Vale do São Francisco e de todo o Brasil.

Segundo a dirigente do ICAD, Sávia Dumont, durante o encontro nacional “vamos propor que todos os participantes percorram os caminhos da memória e da revitalização dos saberes, fortalecendo a cultura e a arte popular através das palestras, oficinas vivenciais, mostra de bordados e exposição de produtos", explica.

As inscrições continuam abertas, com contatos e mais informações pela internet (contato@icadbrasil.org), por telefone (3741-1500) e na sede do ICAD, na Rua Piauí n° 110 - Bairro Santo Antônio. 

GRUPO MATIZES DUMONT


O ICAD foi criado em 2004 pelo Grupo Matizes Dumont, dedicado às artes visuais e a ilustração de livros, tendo como linguagem universal o bordado. O trabalho iniciado pela mater bordadeira Dona Antônia, em fevereiro de 1940, estabeleceu 3 gerações de bordadeiras, incluindo as netas.

Cores, tecidos, fios, linhas, texturas e grafismos da natureza foram os primeiros brinquedos e desafios para a família de artistas bordadeiros, no sonho de criar e fazer arte com liberdade e ousadia, com desenhos e encantamentos bordados artisticamente, com características únicas, muito bem personalizadas. Suas obras são espontâneas, tem movimento e volume. Nelas, se percebem inúmeros traços da cultura, da biodiversidade e da vida no interior do Brasil.

Alguns bordados foram e são elaborados especialmente para ilustrar a palavra de diversos autores da literatura brasileira, estabelecendo uma estética própria, onde o direito e o avesso são valorizados ao formar inusitados desenhos, que surpreendem e desarmam a formalidade, conferindo atualidade à arte milenar. Os bordados do Grupo Matizes Dumont  brincam com a alma, com a criação e a sensibilidade, devolvendo o lúdico à criança interna do adulto. 

PROJETO BORDANDO O BRASIL 
        
O ICAD, com o foco na inclusão social pela arte, já capacitou mais 12 mil mulheres em Pirapora e em várias regiões brasileiras, através de variadas ações voltadas para a cultura, educação, saúde e meio ambiente. O Instituto oferece um espaço onde se vive a arte em suas diferentes expressões, desenvolvendo projetos sociais, de responsabilidade socioambiental e geração de renda, por meio do bordado artesanal.

Para fortalecer e revitalizar o ofício e a tradição dos bordados, o ICAD e o Grupo Matizes Dumont criaram, há alguns anos, o Projeto Bordando o Brasil, que deu origem a diversos grupos de mulheres bordadeiras em todo o Brasil, dentre eles uma Associação em Pirapora e Buritizeiro.

Mais informações: 
www.matizesbordadosdumont.com

Fotos: 
Ivan Rodrigues e Icad

sábado, 27 de junho de 2015

Arraiá da ANDA



ANDA realiza Arraiá Beneficente

A Festa Junina será a partir das 19h deste sábado




A Associação Norte Mineira de Apoio ao Autista (ANDA) realiza, neste sábado, 27, o I Arraiá Beneficente. A Festa Junina será a partir das 19h, em frente ao Centro ANDA, localizado à rua Rodrigo Costa, 321, Canelas (uma rua acima do Nanas Bar).



A finalidade do I Arraiá da ANDA é arrecadar fundos para cobrir as necessidades de manutenção da sua sede já que neste momento, a instituição passa por dificuldades financeiras e precisa da ajuda e colaboração de todos.



A primeira festa temática da ANDA é justamente sobre as festas juninas que fazem parte das tradições dos brasileiros e foram trazidas pelos portugueses durante o período colonial.



Aproveitando o momento de festas juninas, a ANDA terá barraquinhas com comidas e bebidas típicas a preços bem populares. “Esta é a primeira vez que organizamos uma festa junina. Será uma experiência inesquecível para todos nós. Convidamos pais, amigos, colaboradores e a comunidade para nos ajudar neste desafio. Temos a certeza que será um sucesso”, explica a presidente da ANDA Keilia Marielle Neri Santos.



O I Arraiá é uma organização da ANDA em parceria do Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDCA) e com o apoio da Prefeitura de Montes Claros.



ANDA EM NÚMEROS

A Associação Norte Mineira de Apoio ao Autista, constituída em 09 de maio de 2009 é uma entidade civil sem fins lucrativos, tem personalidade jurídica de direito privado, sendo apartidária e apolítica.

A instituição é referência em “Autismo” para 89 municípios do Estado e conta, atualmente, em seu banco de cadastro, com 134 Autistas. Deste total, a ANDA atende 74 crianças e adolescentes, além de todo o seu núcleo familiar, chegando até 1,5 mil assistidos.



Atualmente, oferecemos atendimentos gratuitos nas áreas de Assistência Social, Saúde e Educação para crianças e adolescentes diagnosticados Autistas e/ou em fase de diagnóstico.

A ANDA oferece oportunidade de tratamento multidisciplinar especializado, visando o desenvolvimento de suas habilidades, além de contribuir efetivamente para o aprimoramento educacional dos menores portadores de Autismo.



Outras informações pelos telefones: (38) 3224-5747 (ANDA) / 9187-7937 (Felipe Amaral) ou pelo e-mail: anda.moc@hotmail.com