segunda-feira, 25 de maio de 2015

Oficinas de arte

Tim Arteducação promove encontro em Montes Claros

  O evento proporciona momentos de troca de experiências e vivências para a produção dos espetáculos 

 

 
Realizada desde 2011, a série “Diálogos para Construção de Espetáculos” reúne articuladores, arteducadores, e demais profissionais envolvidos com o Programa TIM ArtEducAção,  e propõe sempre uma discussão para que se alcance a excelência na produção e execução de um espetáculo. Em Montes Claros, o encontro será no dia 28 de maio às 19h no Caic do Maracanã. O evento é aberto ao público, direcionado para arteducadores da cidade, oficineiros e monitores do programa e demais pessoas interessadas em cultura, arte e educação.

Segundo o diretor de teatro, presidente da ONG Humanizarte e idealizador do programa TIM ArtEducAção, Marcelo Soares de Andrade, o encontro chamado de “Diálogos” é a oportunidade de encontrar com todos os integrantes do programa na cidade para desenvolver uma conversa e compartilhar conhecimentos. “Desde que iniciamos a série “Diálogos” os resultados sempre foram positivos e elevaram a qualidade das apresentações. É nesse momento que surgem as trocas de experiências, que contribuem para o enriquecimento intelectual e artístico na montagem das apresentações que resultam em trabalhos surpreendentes e fabulosos. A série “Diálogos” refirma o eterno compromisso de aprendizagem em mão dupla, uma das características do TIM ArtEducAção.”

Para Virgínia Bittencourt Moura, coordenadora Executiva do Projeto TIM ArtEducAção e articuladora do programa em Viçosa, a série de “Diálogos para Construção de Espetáculos” faz parte do calendário de atividades do programa nas cidades e todos aguardam com entusiasmo o início dos encontros. “A série “Diálogos” é o momento que os articuladores, professores e alunos recebem a orientação técnica para a construção dos espetáculos e que proporciona uma incrível troca de experiências de alto nível teórico e cultural. Todo o processo é rico e fundamental para desenvolvimento de trabalhos belíssimos e encantadores”. 

O texto do espetáculo que será trabalhado com as crianças e adolescentes que participarão das oficinas na cidade é “Em Busca do Extraordinário”, adaptado pelo articulador e os arteducadores. “Encantado pelas maravilhas do universo, um "Sherlock Holmes Clown" viaja pelo tempo e espaço à procura do que encanta a alma humana. Em sua jornada ele encontrará com civilizações antigas, onde já se esboçavam o esforço do homem por impressionar seus semelhantes através de demonstrações de perícias e peripécias físicas, cênicas, dramáticas e poéticas. Prosseguindo pelo tempo, o nosso protagonista avistará no palco, um desfile que representará a evolução do mundo circense desde seus primórdios na Roma Antiga, perpassando pela fase áurea do século XIX até suas manifestações mais contemporâneas. E assim o Sherlock e nosso público se encantarão com essa jornada "Em Busca do Extraordinário"”, conclui Leonardo Araújo articulador de Montes Claros. 

Também no dia 28, a coordenadora Executiva do Projeto TIM ArtEducAção, Virgínia Bittencourt visitará as oficinas artístico-pedagógicas realizadas pelo programa na cidade e oferecerá uma preparação técnica e prática para oficineiros e alunos. “As visitas às oficinas são essenciais e contribuem para o enriquecimento do andamento das atividades. O objetivo é oferecer apoio metodológico e artístico, visando colaborar com os trabalhos realizados nas oficinas e potencializar os resultados”, explicou Virgínia.

Para Leonardo Araújo, a série de “Diálogos” proporciona momentos de interação e a aprendizado que serão levados para a construção dos espetáculos. “Estamos com grande expectativa pela realização do encontro e para o diálogo a respeito da construção do espetáculo, na perspectiva de crescer e elaborar nossos pensamentos, ideias e concepções para execução da Mostra Cultural de 2015. Confiando que a confluência de inteligências e imaginações diversas seja elemento de aperfeiçoamento de nosso evento.”

Em Montes Claros, 250 vagas são ofertadas para alunos de 12 escolas da rede pública, direta e indiretamente, para as oficinas de teatro, música, dança, circo, artes visuais e arte digital. O programa é realizado em parceria com a Prefeitura Municipal, o Lar Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, a Legião da Boa Vontade e o Projeto Juventude Cidadã.

Série “Diálogos”

Nas demais cidades, durante o Diálogos, Marcelo Soares de Andrade, se reúne com os arteducadores e articuladores do TIM ArtEducAção para conversar sobre o tema proposto para a próxima ou realizado pela última Mostra Artística, em cada cidade. Nas reuniões, são discutidos também, os roteiros pré-definidos e os principais pontos das apresentações. As cidades que já apresentaram suas mostras aproveitam a oportunidade para troca de conhecimento e críticas. Além da equipe do TIM ArtEducAção, os interessados em conhecer mais sobre a produção de um espetáculo também podem participar gratuitamente dos encontros. 

A partir desses encontros, as oficinas de dança, música, teatro, artes plásticas, arte digital e outras, em cada cidade, começam a trabalhar em sintonia para a construção da Mostra Artística, que são realizadas nas cidades atendidas pelo Programa, ao final do semestre. Os espetáculos reúnem os resultados do trabalho desenvolvido pelos alunos e professores de todas as oficinas e incentivam a formação de público ao final de cada ciclo do Programa. Os temas são variados e muitas vezes valorizam a literatura brasileira, as manifestações culturais e folclóricas de todo o país e histórias das cidades. Além de premiar e reconhecer o esforço dos alunos e arteducadores incentiva o ingresso de novos alunos no Programa, mostra aos familiares e à cidade o trabalho desenvolvido pelas oficinas artísticas. 


O evento já faz parte do calendário cultural dos municípios. No palco, os jovens vivenciam a experiência singular de fazer parte de um espetáculo. E, na plateia, os familiares, amigos e comunidade ficam empolgados com os resultados obtidos. 

TIM ArtEducAção
Realizado desde 2001, o Programa TIM ArtEducAção já atendeu mais de 65 mil crianças e adolescentes, da rede pública de ensino, em oficinas artísticas, ministradas em 13 cidades mineiras. O Programa é coordenado pela ONG Humanizarte e patrocinado pela empresa TIM por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais.

Fundo Estadual de Cultura


Cultura abre inscrições para capacitar interessados em concorrer a financiamento

Encontros irão acontecer em cidades de todas as regiões e são voltados para entidades interessadas em participar do edital do Fundo Estadual de Cultura


A Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, por meio da Superintendência de Fomento e Incentivo à Cultura, abre inscrições para as oficinas de capacitação voltadas a entidades culturais interessadas em participar do Edital 01/2015 do Fundo Estadual de Cultura (FEC).
O FEC é um importante mecanismo de fomento, que visa ao estímulo do desenvolvimento cultural das diversas regiões do estado, por meio de financiamento e apoio a propostas que tradicionalmente encontram dificuldade em captar recursos no mercado. Ao contrário da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, o repasse de recursos do FEC é direto, sem necessidade de captação junto a empresas. 
O foco são municípios localizados fora da Região Metropolitana de Belo Horizonte. As oficinas de capacitação têm como objetivo fornecer às entidades culturais informações sobre procedimentos de elaboração e avaliação de projetos no FEC. Elas começarão na próxima segunda-feira (25/5) e se estenderão até 19/6.
Para a realização das oficinas, a Secretaria de Estado de Cultura analisou as solicitações de municípios e avaliou aqueles que possuem um baixo índice de aprovação de projetos em editais anteriores do FEC. Foram selecionadas 30 cidades, atingindo todas as 17 regiões de Minas Gerais, denominadas no Governo de Fernando Pimentel de territórios de desenvolvimento.

As primeiras cidades a receber a oficina são:
- Dia 25/5: Dores do Indaiá (Região Central);
- Dia 26/5: Arcos (Região Oeste) e São João Del Rei (Região Vertentes);
- Dia 27/5: Passos (Região Sudoeste) e São Thomé das Letras (Região Sul);
- Dia 28/5: Guaranésia (Região Sudoeste) e São João Nepomuceno (Região Mata).
As oficinas que acontecerão em junho serão posteriormente divulgadas.

Como se inscrever
As oficinas são abertas ao público, sem nenhum custo para o público. Os interessados em participar das capacitações devem entrar em contato com o Fundo Estadual de Cultura, nos telefones (31) 3915-2720 / 3915-2719 ou pelo e-mail fec@cultura.mg.gov.br, e fazer a inscrição. Para participar, será necessário informar nome completo, telefone, e-mail, município de domicílio e em qual cidade deseja estar presente para o curso.

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Artesanato Flor do Pequi


Artesanato produzido em Montes Claros em exposição no Centro Cultural



O Centro Cultural Hermes de Paula recebe, até o dia 13 de maio, uma exposição do grupo "Artesanato Flor do Pequi”. O objetivo é apresentar o trabalho de artistas anônimos ao público de Montes Claros.

O grupo de artesanato já existe há quatro anos e sua sede funciona em uma loja ao lado do Centro Cultural. Segundo uma das organizadoras da exposição, Vaneide Aparecida Leite Vieira, as cinco artesãs que integram o grupo produzem peças de bordado e crochê, além de blusas e quadros. “É uma sensação magnífica ter esta oportunidade para expor os nossos produtos”, afirmou.

A exposição  é aberta ao público  das 8 às 22 horas, na Galeria Godofredo Guedes, e a entrada é gratuita.

Abolição da Escravatura


Montes Claros celebra o Dia da Abolição da Escravatura



A Coordenadoria de Políticas de Promoção de Igualdade Racial da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social está realizando uma série de eventos alusivos à passagem do dia 13 de maio, data em que se comemora a sanção da Lei Áurea, que extinguiu a escravatura no país.

Desta forma, a Coordenadoria de Igualdade Racial dará início às comemorações no dia 13, às 8h30, no pátio da Secretaria de Desenvolvimento Social, no bairro Monte Carmelo. Após a solenidade será realizada uma panfletagem.

No dia 14 serão realizadas palestras nas escolas municipais Professora Maria de Lourdes Pinheiro, no bairro Independência, às 8h30; e na Professora Neide Melo Franco, no Vila Anália, às 9h30. No dia seguinte, as palestras serão proferidas nas escolas Jair de Oliveira, no Eldorado, às 8h30, e Dr. Cristiano Borém, no Nossa Senhora das Graças, às 9h30. 

Comida di Buteco 2015

Vencedores serão conhecidos dia 13


 
Prato do Thom Bar é um dos concorrentes (foto: Iara Veloso)
Depois de 24 dias, chegou ao fim no último dia 03, em Montes Claros, o Concurso Comida di Buteco 2015 (CdB). Durante este período 15 bares apresentaram aos seus clientes o melhor da cozinha raiz, com petiscos saborosos e nomes bem criativos.

Este ano o tema escolhido foi as Frutas.  “A escolha se deu por se tratar de um tema muito ligado ao Brasil, pois abriga mais de 300 espécies e versátil, abrindo um largo leque de opções de utilização. Os donos dos bares puderam mostrar toda a sua criatividade na composição dos pratos. No prato concorrente, a fruta não precisava ser protagonista do petisco. Pudera participar até mesmo como decoração, desde que fosse comestível”, explica Gustavo Coutinho, coordenador Regional do Comida di Buteco.

O concurso está presente, simultaneamente, em 11 estados e 20 cidades do país com a participação de aproximadamente 500 bares, se consolidando como o maior concurso do gênero do Brasil.

Em algumas cidades como Belo Horizonte, local onde nasceu o CdB, o período vai de 10 de abril a 10 de maio. E a saideira na Capital Mineira será dia 16 de Maio, no Mineirão, na Pampulha, das 12h a meia-noite e terão as atrações musicais Jota Quest, Vander Lee, Vitor Santana e Bloco de Moreré, e Orquestra Mineira de Brega. O valor é R$ 140,00 inteira e R$ 70,00 meia e pode ser comprado pelo site www.ingressorapido.com.br .

A responsabilidade pela contabilização dos votos é da Vox Populi, que divulgará o resultado com os nomes dos melhores butecos no dia 13 de Maio em um evento fechado para convidados e imprensa.

Os bares que estão na disputa em Montes Claros são: Bar do Alan, Bar do Baixinho, Bar do Mangueira, Bar do Muci,  Bar dos Amigos, Empório Canadá, Jurumas Bar, Pampulhas Sport Bar, Pettiscus Bar, Quintal Avenida, Rancho Mineiro, Sabor Mineiro, SerTão, Thom Bar e Universo do Beiju.

Criando em 2000, com a missão de transformar vidas através da cozinha de raiz – boteco extensão de sua casa, o concurso Comida di Buteco está presente em Montes Claros há nove edições (as outras foram em 2005, 2006, 2007, 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014).

O concurso já consagrou cinco botecos. O Bar Cantina do Léo por três vezes (2005, 2006 e 2010), o Thom Bar em duas edições (2012 e 2014), o Bar Barracão, (2011), Bar da Tia Dalva (2013) e o Bar do Divino (2007).

“Fui na Caravana da Imprensa e fiquei apaixonada com as delícias que experimentei. Tanto que fui em outros bares e até voltei em alguns por onde a caravana passou”, conta Jucilene Magalhães, do Portal G1 da Globo.com .

Outra que também aprovou as delícias de Boteco foi Jerúsia Arruda. Ela que foi uma das juradas deste ano, explicou que foi uma experiência saborosa que compartilhou com o filho e amigos. “Nos três bares em que estive fiquei surpresa com o sucesso do CdB. Bares lotados, ótimos tiragostos e excelentes companhias. Realmente eu botequei”, conta. 

Patrocinadores

O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua CAUSA, como plataforma de desenvolvimento de suas marcas.

Cerveja Oficial: Brahma

Patrocinadores Nacionais: Lays, Trident.

Apoio: Doritos, Philadelphia Chandon, Jornal de Notícias, Rádio Unimontes, Dubai Apart Hotel, Espaço Bela Tavolla, Prefeitura Municipal de Montes Claros, Senac, Abrasel.

Promoção: Inter TV Grande Minas

Apuração: Vox Populi.



Serviço: Comida di Buteco 2015

Assessoria de Imprensa: Wesley Gonçalves – (38) 9830-7398 / 9118-5967

Gerente de área: Filipe Pereira

Coordenador Regional: Gustavo Coutinho

Concerto


Músico representa Pirapora em concerto no Rio de Janeiro



O músico piraporense Dennis Gabriel de Jesus Teixeira (Dennis Cheqmanem), de 17 anos, que canta e toca violino, irá se apresentar a cidade no final de junho, em Concerto realizado em São João do Meriti, no Rio de Janeiro.

Há oito anos na música, Dennis começou tocando piano, e há cerca de um ano interessou-se pelo violino. ”Comecei a aprender a tocar sozinho, mas hoje faço aulas no Conservatório Lorenzo Fernandez, em Montes Claros”, revelou o músico que receberá o apoio do prefeito de Pirapora para sua apresentação em terras cariocas.

No Rio de Janeiro, Dennis Cheqmanem participará do Concerto “Cem violinos”, que será realizado no Teatro Raul Cortez, na última semana de Junho. “Dennis é um menino muito esforçado, que trabalha desde os 12 anos de idade para ajudar a família e se profissionalizar na música”, afirmou o vereador Dalton Soares de Figueiredo, impressionado com o jovem violinista.